domingo, 28 de setembro de 2014

Say Ok (Diga Ok) Vanessa Hudgens


- Hoje a noite, não se esqueça!
Eu já estava louco. Passei a manhã toda ouvindo Scott dizer que irá sair à noite com Ashley, sua quase namorada. Nem quando o professor chamou a atenção ele deixou de dizer, encarou o professor e disse em alto e bom som: “Eu vou sair com a garota que amo!”. Ele estava pirando, e estava me levando junto.
- Chega Scott!
- Chega? – Scott parou de caminhar e me encarou. As pessoas passavam por nos no corredor – Você não se importa nem um pouco comigo. Você tem tudo o que quer só por ser rico e bonito. Qualquer garota desse colégio se mataria pra ficar com você.
- Nem todas! – Eu disse vendo que havia o magoado.
- Me ajude com a Ashley que eu te ajudo com a Nessa!
- Nessa?! Ela não olha nem na minha cara!
- Confie no seu amigo. – Scott me deu um tapa no ombro e olhou nos fundos dos meus lindos olhos azuis. Sou honesto! – Confie em mim!
***
Cinema. Em pleno século XXI e Scott decidiu levar Ashley ao cinema. Eu não merecia um amigo burro como ele, mas fazer o que, amigos você conquista e não escolhe.
- Seu pai liberou o carro? – ele me perguntava pela milésima vez enquanto estávamos parados no sinal. – Como assim?
- Ele não iria usar, então disse que eu podia usar hoje, qual o problema?
- Nenhum. O carro é a solução dos nossos problemas!
- Temos que buscar sua garota?
- Não. – ele sorriu feito bobo - Ela nos encontrará na frente do cinema.
- Melhor!
Demorou uns quinze minutos pra chegarmos ao cinema, e mais cinco minutos para acharmos um bom lugar para estacionarmos. Mas não deu muito certo, o único lugar que achamos ficava a alguns metros da entrada do pequeno e único cinema da cidade. Essa é umas das coisas chatas de se morar em uma cidade pequena.
- Você não fez isso! – eu disse quando caminhávamos para a entrada do cine.
- Eu disse que te ajudaria! – Scott disse sorrindo.
- Ela vai me matar. – ele riu da minha cara – Estou falando sério!
- Não vai nada – ele sussurrou pra mim – Olá meninas!
Scott abraçou Ashley que sorriu, e logo após cumprimentou a morena que sempre foi meu sonho.
- Vamos entrar? – Ashley disse me fazendo sair do meu transe. – Eu e a Nessa compramos os ingressos, se vocês não se importam?!
- Mulheres independentes – Scott disse as fazendo rirem – Essas são pra casar! – ele disse me encarando.
Ashley enlaçou no braço de Scott e seguiram para dentro do hall do cinema. Eu olhei para o meu lado, e a percebi me olhando.
- Oi Zac.
- Oi Vanessa!
- Veio segurar vela comigo?
- Não sei. Ele disse que era pelo carro que havia me convidado. – ela riu – E você?
- Acabei de descobrir que fui traída por meses pelo meu namorado, que agora é ex, então Ashley pensou que eu devia sair, e aqui estou. – eu estava sem reação, não sabia que Austin havia feito isso – Vamos entrar ou vamos ficar aqui fora?
Eu sorri sem graça e seguimos pra dentro, encontramos Ashley e Scott comprando pipoca e refri, olhei pra Vanessa e perguntei se ela queria, ela agradeceu, mas recusou. Percebi neste momento, que a noite seria longa, muito longa.
Entramos e assistimos ao belo filme de terror “A morte do Demônio”. Achei maravilhoso, mas Vanessa que estava sentada ao meu lado não gostou nadinha. Ela apertou minha mão várias vezes, já que não podia apertar a mão de Ashley que mesmo que estava sentada ao outro lado dela, estava com as mãos ocupadas no cabelo de Scott enquanto se beijavam durante todo o filme.
            Após terminar o filme, Ashley e Scott decidiram que queriam comer pizza, e nos chamaram pra acompanharmos, Vanessa recusou dizendo que estava tarde e queria ir pra casa, Ashley fez uma careta em reprovação.
- Eu posso levá-la. – Eu disse fazendo os três me encararem, Scott com um sorriso bobo na cara – Eu a levo e depois busco vocês dois, quando quiserem.
- Você faria isso? Por livre e espontânea vontade? – Ashley disse.
- Porque não faria?
- Porque você é um Efron! - Ashley disse rindo.
- Aceita antes que eu mude de ideia – eu disse a Vanessa que abraçou Ashley e se despediu de Scott.
Começamos a caminhar em direção ao carro, quando chegamos, abri a porta para ela entrar, sorri ao ouvi-la me agradecer.
- Eu moro na rua...
- Eu sei o endereço – eu disse a cortando – Já passei por lá várias vezes!
Ela me olhou, e não falou mais nada. Não quis nem saber o porquê de eu ter passado por lá várias vezes, o que era verdade por sinal, mesmo que ela morasse no outro lado da cidade. Ficamos em silêncio o caminho todo. Quando chegamos, ela olhou para a casa e voltou a me encarar.
- Desculpe pelo que a Ashley disse.
- Já me acostumei com a fama de ser arrogante. Todos Efron são!
- Você não é! – ela sorriu - Você é legal, um doce na verdade.
- Eu sinto muito pelo que Austin fez contigo. Você não merece!
- Faz parte da vida. Mas foi bom, foi um motivo pro nosso término. – ela me olhou e sorriu.
- Eu adoro seu sorriso. – ela me encarou – Essa é a hora que eu estrago tudo!
- Como assim?
- Eu te amo, deste o primeiro dia do colegial, e estamos nos formando este ano e continuo te amando. Sei que é muito cedo para falar isso, mas... – ela me olhava apavorada e por um minuto cogitei a ideia de ir embora e sumir do mapa, mas pensei bem e percebi que essa seria a minha única chance – Quer namorar comigo?
Vanessa estava parada, sem reação me olhando.
- Não vai falar nada? Nem sim, nem não?
- Eu ainda sou um pouco ingênua com meu coração.
- O que você quer dizer com isso?
- Quando você está perto eu não respiro. Eu não consigo encontrar as palavras pra falar. Eu sinto faíscas, mas não quero ficar a fim de você, mais do que já estou. – eu a encarava sem entender - Eu não quero começar a ver você se eu não puder ser a única!
Entendi. A minha fama me atrapalhava mais uma vez.
- Eu só saía com outras porque não tinha você! Você sempre foi e sempre será a única em meu coração. Eu sei que é clichê falar isso, mas é verdade.
- Quando não estiver tudo bem, quando não estiver normal, você vai tentar me fazer sentir melhor? Vai dizer que está tudo bem? Você vai ficar comigo aconteça o que acontecer? Ou fugir? – Do que ela estava falando? Eu não a entendia - Diga que dará certo, que vai ficar tudo bem. Diga ok!
- Ok?! – eu disse receoso.
- Nas vezes que você me ligava, eu não sabia se devia atender toda vez ou não. Eu não sou como todas as minhas amigas que ligam para os garotos, eu sou tão tímida. – ela sorriu meigamente - Mas eu não quero ficar a fim de você se você não me tratar da maneira certa. Eu só posso começar a te ver, se você puder fazer o meu coração se sentir seguro, me deixe saber se vai ser você, você tem algumas coisas a provar.  Me deixe saber que você vai me manter segura.
Sem entender uma palavra se quer que ela havia dito, eu me aproximei e a beijei, e pra minha surpresa ela correspondeu ao beijo.
- Eu não quero que você fuja – ela disse quando nos separamos.
- Eu não vou fugir!
- Então me deixe saber que você vai me ligar na hora certa, me deixe saber que você não vai ser tímido. Você vai enxugar minhas lágrimas? Você vai me abraçar apertado? – ela me encarou.
- Sempre que precisar de mim eu vou estar ao seu lado, minha namorada!
Quando acabei de dizer a palavra “namorada” ela sorriu, e me encheu de alegria ao ver que ela havia respondido a minha pergunta com aquele sorriso.
- Eu tenho que ir! – ela disse.
- Até amanhã. – eu disse inocente.
- Até amanhã! – ela abriu a porta e saiu. Quando ela estava próxima a porta da casa, ela se virou e me encarou. Eu saí do carro e fui em sua direção, a abracei e a beijei novamente.
- Eu te amo! – ela disse, e entrou na sua casa.
Essa havia sido a melhor noite da minha vida. Eu havia conquistado o meu grande amor.

Fim.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
 Olá pessoal!
Não preciso dizer que está é minha eterna música preferida né?! rsrs Acredito que assim como cada um de vocês!
Espero que tenham gostado... E não se esqueça, ao 100° comentário terá uma surpresa. Estamos quase lá ;)
- L

PS: Irei postar a partir de agora todo final de semana. Sábado ou domingo. Não há dia certo!

5 comentários:

  1. OMG
    Que fofooo
    Eu amei essa mini fic.
    Ficou muito linda.
    Zac, Nessa e Say Ok <3
    Muitoo amor por essa música
    Posta loguinho
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. ownt *-* que perfeito
    faz uma parte 2 dessa fic
    ficou tão linda
    eu amei Liri ♥♥♥
    posta mais,kisses

    ResponderExcluir
  3. aiiiiiii lindoooooo ,amo essa música também!#curiosa posta mais

    ResponderExcluir
  4. Liriane que fic perfeita foi essa hein?
    tu só pode querer me matar do coração,eu ameii
    não preciso nem dizer que essa musica é a trilha sonora da minha vida né kk,eu escuto ela toda hora haha
    anciosa aqui
    posta loguinho
    xoxo ♥♥♥

    ResponderExcluir

Expresse sua opinião e deixe sugestões ;)