terça-feira, 5 de maio de 2015

2° Capítulo


                - Você trabalha por aqui? – Vanessa perguntou após perceber que Zac estava de camisa e gravata.
                - Mais ou menos. - ele disse com a boca cheia – Passo seis horas por dia naquele prédio ali, do outro lado da rua. – Zac apontou com o dedo.
                - Passei por lá hoje!
                - Foi fazer o que lá? – Zac perguntou curioso.
                - Pedir emprego! – ela disse desanimada – Mas não encontrei nenhum que contrate menor de idade.
                - Quantos anos você tem?
                - 17 e você?
                - 25! – Zac disse sério e a viu apertar os olhos – Mentira. Tenho 18!
                - É seu primeiro emprego?
                - Se aquilo é emprego eu não sei, mas no inicio do mês eu recebo uma grana, sim.
                - O que você faz? – Vanessa perguntou.
                - Nada! – Zac disse naturalmente.
                - Como assim?
                - Nada, é o que eu faço. Só fico vendo meu pai trabalhar. Uma vez ou outra ele pede pra eu entregar algo, mas é só isso.
                - Seu pai é o que? O entregador da empresa! – Vanessa disse rindo.
                - É! – Zac sorriu – Ele faz as entregas das correspondências e documentos do prédio inteiro. É um trabalho chato!

Zac se viu mais próximo daquela menina do que de todas as suas “amigas”. Vanessa não tinha a mínima ideia de quem ele era, e assim ele quis que continuasse. Estava cansado das pessoas que se aproximava dele e de sua família apenas para tirar proveito.

                - Quer sair comigo? – Zac disse apressado ao ver que o carro do seu pai havia estacionado do outro lado da rua, o que lhe dizia que devia voltar ao escritório naquele exato.
                - Não! – Vanessa disse surpresa.
                - Como não?
                - Eu nem te conheço!
                - Meu nome é Zac, tenho 18 anos, sou responsável em uma parte do meu tempo, passo seis horas do meu dia fazendo nada com meu pai. Sou uma pessoa boa, não sou um assassino em série, muito menos um estuprador. Nunca roubei nada. Não tenho nenhuma doença contagiosa, apenas sou um pouco idiota, mas minha mãe disse que isso não é doença.Que mais você quer saber?
                - Eu não vou sair com você! – Vanessa disse.
                - Qual seu sobrenome? – Zac perguntou.
                - Hudgens. Por quê?
                - Vou descobrir onde você mora, e estarei lá as sete em ponto. Esteja pronta!

Vanessa ficou atordoada, mas não conseguiu nem responder, porque Zac já havia saído da cafeteria, e pelo vidro o viu entrando no prédio onde trabalhava fazendo... Nada!
***

                - Onde estava? – Zac ouviu assim que pisou no saguão de entrada onde o pai o esperava.
                - Na cafeteria aqui em frente! – ele respondeu ao senhor que o encarava.
                - Vamos subir, temos muito trabalho! – Disse David.
                - Sim papai! – Zac respondeu o seguindo para dentro do elevador.
                - Quem era aquela? – David perguntou já dentro do elevador.
                - Quem? – Zac olhou para o pai.
                - Não me engana Zac, eu vi você filho, com uma moça na cafeteria!
                - Você sabia onde eu estava, e mesmo assim me perguntou? – Zac perguntou rindo.
                - Só queria ter a certeza que você não mentiria para mim.
                - Eu não minto pro senhor! – Zac riu com seu pai.
                - Então, quem era?
                - Vanessa Hudgens!
                - Belo nome! – David disse dando um tapa de leve na cabeça do filho.

***

 Vanessa continuava sentada no mesmo lugar, fazia meia hora que estava lá e tentava assimilar o que havia acontecido ali minutos antes. Olhou para o lugar vago a sua frente, pegou sua bolsa e partiu.

                - Senhorita, senhorita! – Vanessa ouviu assim que fechou a porta da cafeteria, se virou e viu a garçonete que lhe atendeu vir em sua direção - A senhora esqueceu seu celular!
                - Não é meu! – ela respondeu assim que a moça lhe entregou o aparelho de última geração.
                - Estava na sua mesa. Só pode ser da senhorita!
                - É do Zac – ele respondeu, ao tocar na tela e ver o papel de parede.
                - A senhora pode entregar? – a garçonete perguntou.
                - Posso! – Vanessa respondeu olhando para o prédio com letras enormes com os dizeres Efron’s. – Obrigada!
                - Por nada! – a moça respondeu já retornando a cafeteria.

Vanessa ficou mais algum segundo parada no meio da calçada, encarando o celular na sua mão. Não deveria ser difícil encontrar Zac. Ele havia dito que trabalhava com o pai, mas não havia dito o nome do mesmo. Talvez não seria tão fácil como ela imaginava!

                - Boa tarde! – ela disse ao guarda através na bancada.
                - A senhorita de novo! – o guarda respondeu a reconhecendo – Já lhe disse...
                - Eu não vim pra pedir o emprego! Eu me lembro do que me disse – Vanessa respondeu cortando a fala do guarda – Estou procurando uma pessoa!
                - Aqui não é lugar de procurar pessoas desaparecidas!
                - O nome dele é Zac! – ela disse – Ele não está desaparecido, ele trabalha aqui, junto com o pai, que eu não sei o nome!

----------------------------------

2° Capítulo postado ;)
Espero que vocês tenham gostado.
Bom, esse capítulo eu dedico a todos os seguidores do blog (mesmo quem nunca comentou). Meu profundo agradecimento a todos vocês: Rafa Diniz, Taty, Alice Maia, Margarida, Anne Goes, Paula, Cristiana Ly, Isa Neves e Zac fan.
Mas também agradeço a todos que comentam, ou que apenas leiam.
Até a próxima então!
-L

4 comentários:

  1. Liri vc é mtoooo mal
    porque parou na melhor parte?????
    acho que p Zac não devia ter mentido para a Vanessa,só acho
    espero que esse encontro realmente aconteça
    posta mais amore,kisses

    ResponderExcluir
  2. Que capítulo maravilhoso!!!
    Curiosa pra saber se a Vanessa vai descobrir que na verdade o Zac é filho do dono da empresa.... Mas espero q ela não fique brava ainda saia com ele!!
    Mega ansiosa... Beijos posta mais...

    ResponderExcluir
  3. Adorei o capítulo!
    Tomara que a Vanessa não fique brava com o Zac e entenda os motivos dele!
    Mal posso esperar pelo próximo ...Posta mais ! bjs bjs

    ResponderExcluir
  4. Já estou adorando essa fic nova.
    Será que a Vanessa vai descobrir que o Zac é apenas um dos herdeiros da Efron's?
    Estou ansiosa pelo próximo capítulo.
    Posta loguinho
    Bjos

    ResponderExcluir

Expresse sua opinião e deixe sugestões ;)