quarta-feira, 17 de junho de 2015

13° Capítulo


*Meses depois*

POV VANESSA
Faltava apenas um mês pra nossa formatura, Zac estava contente com o rumo de sua carreira dentro e fora da empresa, ele se candidatou a Universidade de Harvard, em Cambridge, Massachusetts. Eu estava feliz por ele também, mas havia algo que tirou toda a minha alegria.

                - Você não conseguiu? – Ash perguntou enquanto me encarava.
                - Ainda não sei! – respondi.
                - Que papel é esse então? – ela perguntou se levantando da minha cama e vindo em direção ao pequeno sofá que eu estava sentada.
                - Pode se disser que equivale ao da universidade!
                - Como assim? – ela disse retirando o papel da minha mão – Nessa?!
                - Esse documento muda o futuro assim como o da Universidade!

Ashley me olhava com um olhar carinhoso, mas ao mesmo tempo com um olhar temeroso.

                - Mais alguém já sabe sobre isso?
                - Não! – eu respondi – Ninguém pode saber!
                - O que você vai fazer?
                - Eu não sei! – eu disse escondendo meu rosto em minhas mãos.
                - O Zac merece saber Nessa!
                - Eu não vou contar. – eu disse a encarando.
                - E como vai ser?
                - Vou terminar com ele. Assim nós não iremos nos falar mais, ele vai pra Massachusetts, vai se formar e me esquecer! – Ashley riu da minha ideia.
                - E quando ele voltar? – eu a encarei – Só você acha que ele vai te esquecer. Ele pode até aceitar o fim do namoro e ir pra Universidade, mas ele vai voltar, e vai perguntar sobre você. E eu direi o que? Que não a vi mais? Porque isso vai ser mentira. Eu vou vir de ver todos os fins de semana, eu vou estar com você em todos os momentos. E daqui 4 anos, ele vai te procurar, e imagina a enorme surpresa que ele terá ao descobrir que você não estará sozinha. Imagine Nessa, só imagine a cena e o que ele fará quando descobrir que você se tornou mãe, e que seu filho é o filho dele?

Ashley despejou tudo o que eu não queria ouvir. Eu havia acabado de pegar meu exame de sangue, não estava pronta pra ser mãe nos meus recém completados 18 anos. Meus pais não me perdoariam, todos iriam me crucificar.

                - Pensa bem! – Ashley disse – Conte ao Zac. Ele tem participação nesse ser! – ela disse sorrindo.
                - Ninguém pode saber! – eu disse a encarando
                - Ninguém saberá por mim! – ela me respondeu sorrindo.

POV ZAC
Havia acabado de chegar à casa da Nessa, quando desci do carro encontrei Ashley saindo da casa. Acho que ela meio que se assustou a me ver ali.

                - O que eu fiz? – eu perguntei e ela sorriu.
                - Nada! – ela disse – Só vim ver se a Nessa melhorou do estômago!
                - Ontem eu a levei no hospital, e a médica pediu alguns exames, mas acho que era apenas uma dor simples de estômago, porque depois que ela tomou soro ela ficou melhor!
                - Acredito que ela comeu algo estragado!- ela disse rindo.
                - Como o que?  -eu perguntei.
                - Não tenho a mínima ideia! – Ash sorriu – Deixa-me ir! Tchau primo!
                - Tchau! – eu disse lhe beijando o rosto.

Vi Ash caminhar até seu carro, quando fui em direção a porta e me surpreendi com Nessa na porta.

                - Oi! – ela disse sorrindo.
                - Oi! – respondi – Aconteceu algo? – Perguntei antes de lhe cumprimentar com um selinho.
                - Não – Vanessa respondeu – Porque você acha isso?
                - Você está estranha!

Ela me beijou como se eu estivesse louco, como se estivesse tudo bem. Deixei passar. Ela pegou a bolsa e saímos em direção ao shopping para darmos uma volta.
Começamos a passear e olhar as vitrines, ela estava muito calada durante todo o passeio, então fomos para a Praça de Alimentação, ela quis apenas um sorvete, e eu como estava com fome, pedi um lanche no Mc’ Donald.

                - Você está pensativa e quieta hoje! – eu disse a fazendo me encarar.
                - Você já parou pra pensar o que vai acontecer quando você for pra faculdade?
                - Quando nós formos para faculdade! – eu a corrigi.
                - Acho que não vou! – ela disse séria, e eu parei de comer na mesma hora.
                - Como assim?
                - Eu não fui aceita! – Vanessa disse dando de ombros.
                - Mas ainda não acabou o tempo das cartas de admissões. A sua vai chegar!
                - Só você mesmo! – ela disse rindo.
                - Eu o que?
                - Só você acredita que vou ser aceita!
                - Eu, nossos amigos, sua família, a minha família... Não são poucas as pessoas que acredita em você!
                - Mas eu não acredito! – ela disse exaltada.
                - Porque você não acredita?
                - Acho que neste momento Arquitetura não é pra mim!
                - Então, escolha outra! – eu disse.

*1 mês depois...

POV VANESSA

Eu estava sentada em nossa mesa no baile de formatura, Ashley estava em meu lado. Chris e Zac saíram pra buscar as bebidas.

                - Você ainda não contou né? – Ash disse.
                - Não! – respondi.

                - Ele viaja amanhã! – ela disse e eu a encarei – Conte hoje, porque amanhã, o estrago pode ser bem maior!

-------------------------------

Oie gente!
Me perdoe pelo sumiço e pelo capitulo meia boca :(
Estou desanimada um pouco com a escrita, então saiu apenas isso!
O próximo será melhor, eu prometo!
Pelo menos vou tentar ;)
Até breve!
- L

quinta-feira, 4 de junho de 2015

12° Capítulo


POV VANESSA

Cheiro de cigarro era a única coisa que eu conseguia sentir naquele ambiente. Ashley me arrastou a uma boate no meio do nada, e pior, conseguiu sumir da minha vista, agora estou eu sozinha sentada aqui no bar.

                - Quer algo senhorita? – o barman falou comigo.
                - Não obrigada! – sorri amigavelmente.

Eu simplesmente vou matar a Ashley por fazer isso comigo. Pequei meu celular e comecei a chamar o número de Zac, enquanto dois rapazes se aproximavam de mim.

                - Amor? – eu disse assim que ele atendeu, no mesmo momento que os rapazes se sentaram nos bancos ao meu lado. – Vem me buscar! Ash sumiu e não vejo ela. Okay!

Desliguei o aparelho e pedi uma água pro barman, que trouxe logo em seguida.

                - Água? Devia tomar algo mais forte! – um dos rapazes disse me olhando.

Nem respondi, saí rapidamente com minha água, segui até o balcão e paguei minha comanda. E saí em seguida. Fiquei na calçada a espera de Zac.
Mas estava bom de mais pra ser verdade, é claro que os rapazes não iriam me deixar em paz, minutos depois de eu sair da casa noturna, os mesmos do bar vieram falar comigo.

                - Já vai embora?
                - Não vai esperar a sua amiga? Qual é mesmo o nome dela? – disse o outro.
                - Me deixem em paz! – eu disse tentando me afastar dando alguns passos para trás.
                - Ou o que? – perguntou o primeiro vindo em minha direção, e dei mais alguns passos até trombar em um corpo.
                - Ou eu quebro a sua cara! – ouvi a voz de Zac atrás de mim e me senti aliviada.
                - Só você? – perguntou o segundo rapaz. – Somos dois contra um!
                - Entra no carro Nessa!

Zac disse sério, e não o contrariei. Dei meia volta e entrei no carro que estava estacionado próximo. Quando sentei no estofado, vi um vulto em direção a Zac, mas logo ele revidou. Como estava escuro, não consegui distinguir quem estava batendo, ou quem estava apanhando. Minutos depois a porta do motorista abriu, e Zac entrou e se sentou ao meu lado.

                - Cadê a Ash? – ele perguntou sem olhar pra mim.
                - Eu não sei! A perdi de vista!
                - Manda mensagem pra ela, dizendo que vai pra casa!
                - Você está bem? – perguntei receosa.
                - Estou! – ele riu. – Foi legal bater nos dois!
                - Você fez o que? – perguntei assustada.
                - Não se preocupe, fiz dois anos de boxe, sei me defender.

POV ZAC

A noite seria longa, ou melhor, a madrugada será longa. São três horas da manhã e ainda não consegui dormir. Vanessa está no quarto ao lado, acredito que já esteja dormindo.
                - Posso entrar?

Ouvi a voz e me virei para porta do meu quarto, minha menina estava ali me encarando. Meu Deus! Ela poderia ter colocado uma roupa antes de vir até aqui! Mas não, ela tinha que estar apenas com uma camiseta minha. Sorri pra ela, que caminhou até minha cama e deitou ao meu lado.

                - Está doendo? – ela me perguntou – Sua mãe vai perguntar onde você ganhou esse corte na boca!
                - Eu direi que foi você! – eu disse rindo.
                - Ela não vai acreditar!

Vanessa se levantou e se deitou sobre eu, e me beijou em seguida. Um beijo doce e calmo. Sem querer, ou sem perceber, minhas mãos já estavam sobre as nádegas dela. Minutos, ou segundos depois, já estávamos os dois sem as camisetas, só levou mais alguns segundos para estarmos apenas com as roupas íntimas, ela por sua vez, só estava com a parte de baixo.

                - Tem certeza? – eu perguntei ofegante.
                - Faz tempo que tenho essa vontade! – ela sorriu.
                - Faz pouco tempo que estamos juntos... – eu comecei.
                - Shhhhh! – ela disse – Eu disse que não era tão inocente!

Okay. Depois dessas palavras eu me esqueci de tudo. Fui pro paraíso e só voltei quando senti Vanessa me cutucando.

                - Acorda. Já está na hora de irmos pra escola! – ela disse beijando meu pescoço.
                - Somos obrigados a ir? – disse ainda com os olhos fechados.
                - Infelizmente sim! – ela disse rindo.

Enfim levantamos e seguimos pra escola, no meio do caminho passamos no Starbucks, onde pegamos o nosso café e fomos para o inferno, desculpas, fomos pra escola.
Chegando lá percebemos que Ash estava a nossa espera na entrada, e logo que nos viu já começou a se desculpar.

                - Mil desculpas Nessa, eu esqueci completamente de você!
                - Percebemos! – eu respondi.
                - Não tem que se desculpar! – Nessa começou.
                - É claro que tem que se desculpar! – eu disse indignado. – Você foi molestada!
                - Você foi estuprada? – Ashley disse.
                - Oh burra! – eu a chamei e Nessa começou a rir – Molestada não é estuprada!
                - Ah não? – a loira perguntou.
                - Não Ash! – minha pequena respondeu – Molestar é provocar mágoa, desgosto, ofender, importunação... Essas coisas!
                - Então está tudo bem! – Ashley disse sorrindo pra Vanessa que também sorriu.

                - Eu não entendo vocês mulheres! – Eu disse entrando na escola deixando elas pra trás.

-------------------------

E aí? Gostaram?
Espero que sim!
Bom, agora deixa eu voltar a escrever a história, porque os capítulos prontos acabaram!
Bora trabalhar?! ;)
Até breve!
- L

Te amo (Zé Neto e Cristiano)


Não deu certo. Não consegui fazer o correto. Mais uma fez eu fui o culpado.
Cinco anos de relacionamento está por fim, e eu não consigo acreditar.

            - Onde você pensa que vai com essas malas jogadas no chão, com esse rosto coberto de pranto e essa sombra no seu coração?

Perguntei vendo Vanessa na minha frente com as malas ao seu lado, enquanto eu estava sentado no sofá, assimilando todos os últimos acontecimentos.
           
            - Eu vou embora Zac! – ela respondeu com a voz embargada.
            - Onde você pensa que vai, senta aqui, vamos conversar, ainda não acabou!
            - Não temos mais o que conversar! - Vanessa respondeu convicta.
            - Sei que nunca fui o mais perfeito – eu disse me levantando e indo a sua direção - Nunca dei o que você sonhou!
            - Que bom que você sabe! – ela disse com desdém.
            - É! Mas agora eu posso ver que eu não saberia acordar todo dia, e olhar do meu lado e não te sentir. – ela deixou uma lágrima cair - Não me aceitaria olhando no espelho, sabendo que um dia te deixei partir.
            - Zac... – ela começou a dizer.
            - Eu não imagino como seja o mundo sem você por perto, eu não posso seguir. Me desculpa por tudo que fiz, se te fiz infeliz e nunca admiti. – eu suspirei - Te amo!

Ela ficou me encarando, e por um momento acreditei que não tinha tido efeito nenhum, mas em seguida ela deixou surgir um sorriso em seu rosto, e meu coração se iluminou. Vanessa caminhou até eu, me abraçou e aos meus ouvidos sussurrou:

            - Eu também te amo!

Quando ela voltou a me encarar, ambos sorrimos e questão de segundos nossos lábios se uniram, em doce e calmo beijo.
           
            - Me ajuda a guardar as minhas roupas?

Não consegui esconder minha alegria. A beijei novamente.

            - Não me deixe! – eu supliquei.

            - Não deixarei! – ela confirmou.

--------------------------------------------------------

Gente.... eu estou apaixonada por esta música!
Por isso, vim postar mais uma mini fic musical pra vocês.
Espero que gostem, mas as surpresas não acaba por aqui, em questão de minutos postarei mais um capítulo de "Um dia qualquer".
Estejam preparadas ;)
Bom feriado pra nós!
- L

segunda-feira, 1 de junho de 2015

11° Capítulo



POV VANESSA

                - Aconteceu algo na festa?

Zac estava ao meu lado, enquanto caminhávamos até o carro no estacionamento do colégio.

                - Porque a pergunta? – ele me encarou.
                - Curiosidade! – eu sorri inocente e ele riu.
                - Nada de mais, as mesmas coisas de sempre.
                - Que coisas de sempre? – ele me encarou novamente – Eu não sou acostumada ir a festas!
                - Bebidas, cigarros, pegação...
                - Você pegou quem?
                - Ninguém! – ele parou de andar e foi a minha vez de encará-lo. – Você está duvidando de mim? É isso! Acabamos de nos oficializar e você já está duvidando de mim! Eu não acredito nisso!

Ele começou a falar diversas besteiras, e eu, como sempre acabei rindo da afobação de meu namorado. Zac me olhou com cara fechada.

                - Eu te amo seu bobo! – eu o beijei - Não estou duvidando de você.
                - Porque você faz isso comigo? Isso me confunde!


POV ZAC

As coisas estavam bem pra mim e para a Nessa, mas quando estávamos nos beijando a pessoa mais chata do universo chegou pra arruinar o nosso momento.

                - Fiquei sabendo do vosso namoro Zaquinho! – Disse Megan. – Fico feliz, mas me pergunto até quando isso irá durar? – ela disse com um dedo em seu queixo, como se estivesse pensando.

Tive que agir rápido quando senti Vanessa de afastando de mim pra ir em direção a megera, mas consegui segurá-la, o que fez ela me encarar furiosa.

                - Megan nos deixe em paz!
                - Ela já sabe quem é o verdadeiro Zac, ou você ainda está se fingindo de bom moço?
                - Vai se lascar! – eu disse.
                - Só um aviso Vanessa querida: esse daí não é de uma mulher só!

Po**a! Eu queria matar aquela vadia, mas se fizesse isso iria pra cadeia, e meus pais já tiveram muitas confusões por minha causa, então deixei pra lá. Megan se afastou, Vanessa se virou e me encarou.

                - Pra minha casa ou pra sua?

O que? Eu me perguntava enquanto eu via aquela morena em minha frente. Depois de toda cena de Megan ela me pergunta isso?

                - Tenho que ir pra empresa à uma hora! – eu disse sem saber o que devia dizer.
                - Okay! – ela sorriu.
                - Eu vou levar você pra casa! – eu disse indo em direção ao meu carro.
                - Okay! – ela respondeu me seguindo.
                - Você só vai responder “Okay”? – perguntei assim que entramos no carro. 
                - Te incomoda? – ela me encarou.
                - Eu não te entendo Vanessa Hudgens!

POV VANESSA


Às vezes tem um lado bom de trabalhar o fim de semana inteiro. Como por exemplo, ter uma folga em plena quarta feira, e estar deitada em sua cama lendo um livro. Mas o sossego dura pouco quando você tem uma amiga/prima que te perturba o dia todo.


Ashley é um barato, só ela mesma pra querer fazer uma festa só de garotas em plena quarta feira. Respondi que ia pensar e depois ligaria pra ela.

*Algumas horas depois*

                - Você quer que eu faça o que? – Zac dizia no telefone – Eu não vou mentir pro seu pai! Você vai aonde? Com quem? Fazer o que?
                - Você está pior que meu pai! – eu disse rindo fazendo-o bufar do outro lado da linha – Já conversei com meus pais. Eles acham que vamos a um jantar com seus pais, sem hora pra eu voltar. Eu só preciso que você me busque e me leve até a casa da sua prima.
                - Ashley?
                - É! Ou você tem outra prima?
                - É claro que eu tenho outras primas, tenho três ao total!
                - São sei por que eu perguntei! – eu respondi – Você vem me buscar?
                - É claro que vou! Em cinco minutos estou aí!
                - Obrigada!
                - Vai me pagar caro!

Como prometido ele cumpriu. Em cinco minutos, cinco minutos exato, ele chegou. Eu não acreditei quando o vi de terno e gravata em minha frente, ele estava levando aquela mentira pra outro nível.

                - Está muito bonito! – eu disse o vendo me encarar dos pés até a cabeça.
                - Você não acha que esse vestido está muito curto?
                - Não! – eu sorri.
                - E essa boca vermelha? Não é demais? – Zac levantou as sobrancelhas.
                - Claro que não amor! – eu disse lhe dando um selinho – É o básico, você ainda não viu nada!

Percebi que ele engoliu seco, e logo em seguida meus pais apareceram na sala.

                - Acho que é melhor você dormir na casa do Zac hoje filha!

O que? Eu ouvi isso mesmo! Encarei meu namorado que estava olhando sem piscar para meu pai.

                - Não será necessário, eu trago ela embora após o jantar. – Zac disse.
                - Sei como funcionam esses jantares, demoram horas pra acabar, você vai chegar tarde, acordar cedo, então já economiza tempo, você dormindo lá.
                - Isso é um grande passo pai. Um passo enorme, aliás! – eu o alertei.
                - Eu confio em vocês. E sei que se forem fazer algo irão se prevenir!
                - Cof! Cof! – Zac engasgou.
                - Saúde Zac! – Meu pai disse fazendo minha mãe rir.
                - Amém!
                - Vamos? – eu disse – Seus pais devem estar nos esperando.
                - Vamos!

Eu e Zac nos despedimos de meus pais, pequei minha mochila que minha mãe já tinha preparado, e seguimos até o carro do Zac.

                - Não precisava ter colocado terno!
                - Tenho reunião hoje! – Zac me encarou com seus olhos azuis. – Um jantar!
                - De verdade?
                - De verdade! – ele riu – Conversei com a Ash, já avisei que busco vocês aonde forem.
                - Obrigada! – eu disse o encarando – Posso fazer uma pergunta?
                - Qual?
                - Tem camisinha?
                - Pra que? – ele me encarou.
                - Pra enchermos com ar Zac Efron! – Disse irônica e ambos riram.

-----------------------------

E aí garotas?
Mais um capítulo pra vocês!
Espero que gostem... 
Quem sabe pinta mais um ainda essa semana?! ;)
-L