quinta-feira, 4 de junho de 2015

12° Capítulo


POV VANESSA

Cheiro de cigarro era a única coisa que eu conseguia sentir naquele ambiente. Ashley me arrastou a uma boate no meio do nada, e pior, conseguiu sumir da minha vista, agora estou eu sozinha sentada aqui no bar.

                - Quer algo senhorita? – o barman falou comigo.
                - Não obrigada! – sorri amigavelmente.

Eu simplesmente vou matar a Ashley por fazer isso comigo. Pequei meu celular e comecei a chamar o número de Zac, enquanto dois rapazes se aproximavam de mim.

                - Amor? – eu disse assim que ele atendeu, no mesmo momento que os rapazes se sentaram nos bancos ao meu lado. – Vem me buscar! Ash sumiu e não vejo ela. Okay!

Desliguei o aparelho e pedi uma água pro barman, que trouxe logo em seguida.

                - Água? Devia tomar algo mais forte! – um dos rapazes disse me olhando.

Nem respondi, saí rapidamente com minha água, segui até o balcão e paguei minha comanda. E saí em seguida. Fiquei na calçada a espera de Zac.
Mas estava bom de mais pra ser verdade, é claro que os rapazes não iriam me deixar em paz, minutos depois de eu sair da casa noturna, os mesmos do bar vieram falar comigo.

                - Já vai embora?
                - Não vai esperar a sua amiga? Qual é mesmo o nome dela? – disse o outro.
                - Me deixem em paz! – eu disse tentando me afastar dando alguns passos para trás.
                - Ou o que? – perguntou o primeiro vindo em minha direção, e dei mais alguns passos até trombar em um corpo.
                - Ou eu quebro a sua cara! – ouvi a voz de Zac atrás de mim e me senti aliviada.
                - Só você? – perguntou o segundo rapaz. – Somos dois contra um!
                - Entra no carro Nessa!

Zac disse sério, e não o contrariei. Dei meia volta e entrei no carro que estava estacionado próximo. Quando sentei no estofado, vi um vulto em direção a Zac, mas logo ele revidou. Como estava escuro, não consegui distinguir quem estava batendo, ou quem estava apanhando. Minutos depois a porta do motorista abriu, e Zac entrou e se sentou ao meu lado.

                - Cadê a Ash? – ele perguntou sem olhar pra mim.
                - Eu não sei! A perdi de vista!
                - Manda mensagem pra ela, dizendo que vai pra casa!
                - Você está bem? – perguntei receosa.
                - Estou! – ele riu. – Foi legal bater nos dois!
                - Você fez o que? – perguntei assustada.
                - Não se preocupe, fiz dois anos de boxe, sei me defender.

POV ZAC

A noite seria longa, ou melhor, a madrugada será longa. São três horas da manhã e ainda não consegui dormir. Vanessa está no quarto ao lado, acredito que já esteja dormindo.
                - Posso entrar?

Ouvi a voz e me virei para porta do meu quarto, minha menina estava ali me encarando. Meu Deus! Ela poderia ter colocado uma roupa antes de vir até aqui! Mas não, ela tinha que estar apenas com uma camiseta minha. Sorri pra ela, que caminhou até minha cama e deitou ao meu lado.

                - Está doendo? – ela me perguntou – Sua mãe vai perguntar onde você ganhou esse corte na boca!
                - Eu direi que foi você! – eu disse rindo.
                - Ela não vai acreditar!

Vanessa se levantou e se deitou sobre eu, e me beijou em seguida. Um beijo doce e calmo. Sem querer, ou sem perceber, minhas mãos já estavam sobre as nádegas dela. Minutos, ou segundos depois, já estávamos os dois sem as camisetas, só levou mais alguns segundos para estarmos apenas com as roupas íntimas, ela por sua vez, só estava com a parte de baixo.

                - Tem certeza? – eu perguntei ofegante.
                - Faz tempo que tenho essa vontade! – ela sorriu.
                - Faz pouco tempo que estamos juntos... – eu comecei.
                - Shhhhh! – ela disse – Eu disse que não era tão inocente!

Okay. Depois dessas palavras eu me esqueci de tudo. Fui pro paraíso e só voltei quando senti Vanessa me cutucando.

                - Acorda. Já está na hora de irmos pra escola! – ela disse beijando meu pescoço.
                - Somos obrigados a ir? – disse ainda com os olhos fechados.
                - Infelizmente sim! – ela disse rindo.

Enfim levantamos e seguimos pra escola, no meio do caminho passamos no Starbucks, onde pegamos o nosso café e fomos para o inferno, desculpas, fomos pra escola.
Chegando lá percebemos que Ash estava a nossa espera na entrada, e logo que nos viu já começou a se desculpar.

                - Mil desculpas Nessa, eu esqueci completamente de você!
                - Percebemos! – eu respondi.
                - Não tem que se desculpar! – Nessa começou.
                - É claro que tem que se desculpar! – eu disse indignado. – Você foi molestada!
                - Você foi estuprada? – Ashley disse.
                - Oh burra! – eu a chamei e Nessa começou a rir – Molestada não é estuprada!
                - Ah não? – a loira perguntou.
                - Não Ash! – minha pequena respondeu – Molestar é provocar mágoa, desgosto, ofender, importunação... Essas coisas!
                - Então está tudo bem! – Ashley disse sorrindo pra Vanessa que também sorriu.

                - Eu não entendo vocês mulheres! – Eu disse entrando na escola deixando elas pra trás.

-------------------------

E aí? Gostaram?
Espero que sim!
Bom, agora deixa eu voltar a escrever a história, porque os capítulos prontos acabaram!
Bora trabalhar?! ;)
Até breve!
- L

4 comentários:

  1. Tava com saudade da sua fic
    ficou perfeito esse capítulo ♡♡♡♡
    Posta mais, kisses

    ResponderExcluir
  2. O Zac chegou bem na hora.
    Amei o capítulo.
    A Ashley é louquinha.
    Posta loguinho
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Ainda bem q o Zac chegou bem na hora ne!? E eu ri com a Ashley nesse finalzinho!!
    Ameiiiii o capítulo!!
    Posta mais...
    Beijoooos

    ResponderExcluir
  4. Ameiii,que fofo ele chamando ela de minha menina e defendendo ela.Posta mais,bjs bjs

    ResponderExcluir

Expresse sua opinião e deixe sugestões ;)